Design de Resíduos – 2º Encontro do curso na Memória Gráfica – 39ª Oficina [21/11/11]

DSC_0536

A oficina se iniciou com mais uma palestra na empresa júnior Inovar, formada por alunos do Colégio São Tomás de Aquino. Posteriormente fechamos nosso plano de produção e partimos para a ação. Além disso, foi feito a medição de um fio contínuo de uma garrafa PET, Coca-Cola 2 litros. Com 2mm de banda, esse fio totalizou 20 metros de comprimento, sendo que não participaram do processo de fiação o gargalo e o fundo da garrafa. Outro dado é que fiamos 20 garrafas nesse dia. É de se ressaltar a importância das análises e registros da metodologia de trabalho e de seus resultados, tendo em mente que tais mensuras facilitam o cálculo de produção e consequentemente da precificação dos produtos desenvolvidos. Foi feita apenas uma medição e planejamos fazer mais duas com a garrafa transparente da Coca-Cola e 3 para cada tipo de garrafa, assim, através das médias dos dados teremos uma consistência estatística de nossa produção.

Página do Portfolio da Empresa Inovar

Nosso planejamento de produção

A coordenadora Dulce ensina a orientadora Adriana como operar a guilhotina, de forma a deixar nosso miolos doados no tamanho certo. Nossos alunos não tem autorização para operar essa máquina, por seu alto risco de acidentes.

Coordenadora Juliana, ensinando a operação da máquina de fiar PET

Linha de produção do grupo, exatamente como planejado. Os alunos mostraram interesse e ótimo desempenho.

Os alunos se comportam como multiplicadores, repassando facilmente as técnicas que dominam para seus colegas

O Design de Resíduos doou uma máquina de fiar PET para o Memória Gráfica, tendo em vista nossa parceria e caráter também multiplicador da ideia de sustentabilidade. Agora, o museu que já contava com uma oficina de encadernação tradicional, poderá experimentar e executar projetos que contam com a encadernação feita com espiral de PET.

Postado em: 22 de novembro de 2011
Voltar ao topo